Setembro Amarelo e a Comunicação Positiva: Empatia

Érica Ferraz fala sobre a importância de sermos empáticos com as outras pessoas



Na semana passada abordamos a importância da comunicação em auxiliar pessoas em depressão ou com forte ansiedade. Aproveitamos este tema porque estamos no Setembro Amarelo, mês conhecido desta forma desde 2015, para chamarmos a atenção da importância de se prevenir o suicídio. 


Muitas vezes as pessoas se escondem porque tem medo de serem julgadas e quando percebemos isso pode ser muito tarde. Aí é que entra a importância da comunicação positiva. E dentro da comunicação positiva temos a empatia. 


Empatia é também se colocar no lugar do outro. Porém, para sermos empáticos  precisamos exercitar a nossa escuta e a nossa presença. E só conseguimos isso fazendo perguntas simples para checar se estamos entendendo o que o outro está sentido. Só assim, a outra pessoa consegue ver que estamos com ela.


Para exercitarmos a empatia precisamos deixar de lado os nossos conselhos, as nossas comparações, os nossos exemplos. Primeiro e mais importante é você ouvir, perguntar e deixar a outra pessoa se esvaziar da sua dor. Lembre-se que a forma como você fala e seu julgamento podem ferir e até piorar uma situação. Da mesma forma que a sua comunicação pode ser a diferença positiva. 


Vamos treinar ser empáticos?

Fonte: Brasil 61



Leia a última edição completa da Revista Portal