top of page
  • Foto do escritorEditor

Saúde é duplamente premiada por experiências exitosas realizadas em Lucas do Rio Verde

Os dois projetos evidenciam os trabalhos da Atenção Primária de Saúde e Vigilância em Saúde


(Foto: Ascom Prefeitura/Anderson Lippi)

Por Ascom Prefeitura/Gabriela Corsino


A Saúde luverdense é destaque com experiências exitosas no primeiro semestre de 2024. Na ocasião, a secretaria recebeu dois prêmios por duas atividades inscritas e que já são desempenhadas no Município. Os dois trabalhos vencedores se apresentarão na Mostra Nacional do XXXVIII Congresso do Conasems. 


Um dos prêmios é para trabalho com o tema “O combate ao Aedes egypti se aprende na escola”, que foi apresentado no 1º Congresso de Secretarias Municipais de Saúde de Mato Grosso, e teve a premiação de apresentar o trabalho no Congresso Nacional.


O prefeito Miguel Vaz destacou a importância do trabalho realizado pelas equipes da Atenção Primária e Vigilância em Saúde, com foco na educação em saúde e prevenção as doenças. “Só temos que agradecer e parabenizar as nossas equipes. Os projetos mostram o empenho dos servidores em ir além do básico, desenvolvendo novas ações, garantindo que a saúde pública chegue a todos, principalmente, os que mais precisam”.


O segundo trabalho premiado teve como tema “O Monitoramento Rápido de Vacinação como ferramenta para busca ativa de não vacinados”, foi selecionado na II Jornada Estadual de Imunização do Estado de Mato Grosso e ganhou como prêmio, a isenção de inscrição para participação dos autores na XXVI Jornada Nacional de Imunizações, realizado pela Sociedade Brasileira de Imunização (SBIm). 


“Nós trabalhamos bastante para obtermos bons resultados, sabemos que nem sempre vamos inscrever todas as experiências exitosas que a Saúde realiza, mas quando conseguimos, eu confio que seremos, com certeza, premiados por elas, porque a nossa equipe trabalha para garantir um bom serviço”, pontua a secretária de Saúde, Dra. Fernanda Heldt Ventura.


Os trabalhos serão apresentados Mostra Nacional do XXXVIII Congresso do Conasems, que acontecerá nos próximos meses.


“Essas premiações evidenciam um pouco dos muitos trabalhos realizados pelas equipes de saúde do nosso município, que buscam sempre levar a qualidade do SUS à comunidade”, explica a supervisora da Vigilância em Saúde, Claudia Engelmann.


O projeto denominado “O combate ao Aedes aegypti se aprende na escola”, é realizado por meio do Programa Saúde na Escola, da equipe de Vigilância Ambiental, em parceria com as equipes de Atenção Primária. A ação ocorre nas creches e escolas municipais, com teatros de fantoches e fantasias, a fim de propagar o combate ao mosquito. 


Já o projeto “O Monitoramento Rápido de Vacinação como fermenta para busca ativa de não vacinados” ocorre através das Equipes de Saúde da Família, que visitam os domicílios para atualizar a situação vacinal das crianças até 4 anos.


Os dois projetos evidenciam os trabalhos da Atenção Primária de Saúde e Vigilância em Saúde, com foco na educação em saúde e prevenção às doenças na comunidade.



Comments


bottom of page