top of page
  • Foto do escritorEditor

Romancini Empreendimentos Imobiliários: Transformando sonhos em realidade

Atualizado: 3 de ago. de 2023



Celso Nery


Uma economia em constante movimento exige que os empreendedores fiquem atentos às oportunidades que vão surgindo com as demandas de cada período. No caso de Lucas do Rio Verde, o desenvolvimento foi gerando oportunidades ao longo de sua história. Um dos bons exemplos vem da família Romancini. O grupo da família tem negócios na agricultura, comércio de alimentos e no segmento imobiliário.


A trajetória da família começou no comércio de gêneros alimentícios, quando José Romancini chegou no ano 2000. Com o crescimento de Lucas do Rio Verde novas oportunidades foram surgindo. Com isso, o grupo Romancini passou a atuar no agronegócio por volta de 2008. Dez anos depois foi a vez dos investimentos do grupo serem direcionados para o mercado imobiliário, com a construção de edifícios residenciais. Porém, mesmo antes de entrar no segmento, a família Romancini já tinha experiência com a construção civil. “Antes disso a gente construía casas, vendia”, explica Jones Romanzzini, que assumiu a gestão dos mercados do grupo há 5 anos e há quase 2 anos responde pelos empreendimentos imobiliários. Seu pai, José Romancini, cuida das fazendas.


Segundo Jones, antes de desenvolver projetos residenciais, o grupo realiza pesquisas buscando atender as demandas, buscando maior assertividade. Resultado, os projetos sempre têm boa aceitação. “Um exemplo foi o lançamento que a Romancini Empreendimentos fez no Show Safra. Em torno de 60% do Hortência Residencial foi vendido durante os 4 dias do evento”, comentou o empresário. “Nós temos outros produtos também em obra, que é o Dom Pedro, em torno de 60% concluído. E estamos preparando um outro produto para lançar, provavelmente no começo do ano que vem, entre fevereiro e março. O lançamento pode ocorrer no próximo Show Safra, inclusive”.


A expectativa é que o município dê um novo salto de desenvolvimento com a chegada das ferrovias, que devem acontecer até 2026. E, diante de notícias como essa, Lucas do Rio Verde atrai pessoas interessadas em aproveitar as oportunidades geradas no município. Com isso, o déficit habitacional exige novos empreendimentos no segmento. “O município tem um índice alto de déficit habitacional. E as pesquisas indicam que devemos lançar em torno de 2 ou 3 empreendimentos na cidade por ano. Ano que vem a gente deve lançar 2 empreendimentos”, prevê.


Com o reconhecimento no segmento local, surgiu a oportunidade da Romancini Empreendimentos Imobiliários atender o vizinho município de Sorriso. Já em fase de execução, o Maya Residencial contém 180 unidades de médio e alto padrão, um investimento na casa de R$ 130 milhões. 80% das unidades já foram negociadas. “Sorriso acolheu muito bem nossos produtos, em virtude da qualidade dos produtos entregues em Lucas”, avalia Jones.


É fácil compreender a boa aceitação. A Romancini busca, acima de tudo, desenvolver projetos imobiliários que visem conforto, comodidade e valorização para seus clientes. Outros itens levados em consideração são a localização privilegiada, boa infraestrutura e segurança, garantindo que os futuros moradores desfrutem o máximo de qualidade de vida. “A gente sempre pensa muito em tecnologia, entregar algo diferente, funcional. Inovador. Um exemplo é o Dom Pedro onde firmamos parceria com a Housi, que vai auxiliar na parte da administração. A Housi é uma empresa presente em São Paulo e muitas outras cidades do interior e facilita a parte de gestão de locação do empreendimento”. No caso do Dom Pedro, Jones explica que é um empreendimento compacto que fica localizado próximo da UniLasalle. Os imóveis são destinados a profissionais que têm permanência curta em Lucas do Rio Verde, a negócios, trabalho ou estudo, como cursos de pós-graduação. “A pessoa precisa passar uma temporada curta na cidade, ficando de 2 a 3 meses como se fosse um hotel, mas com a comodidade de estar no seu próprio lar”, analisa o empresário, destacando ser uma oportunidade interessante para investidores. “Automaticamente rentabiliza muito mais. Um investidor acaba comprando esse imóvel, pois fica bem mais atrativo o valor de rentabilização. Se comparado a outros imóveis na cidade, praticamente dobra”.


Desde que chegou no início dos anos 2000, a família Romancini encontrou oportunidades e aproveitou para crescer junto com Lucas do Rio Verde. Jones lembra que a cidade cresce todo dia, gerando possibilidades para quem vem construir sua trajetória. “A gente visualiza que Lucas terá mais avanços. Com certeza a gente recomenda que venham morar na cidade, venham trabalhar, investir em Lucas. Devido ao desenvolvimento em todas as áreas, falta mão de obra. Todo mundo que vir colherá bons frutos”, acredita. “A Romancini Empreendimentos está pronta, apta e cada vez mais se preparando para poder atender essa demanda com qualidade, tecnologia e inovação, se destacando como a melhor incorporadora de vertical na região”.





Commentaires


bottom of page