top of page
  • Foto do escritorEditor

Quiosque do Lugui e Escola do Flamengo: novidade em dose dupla



Lucas do Rio Verde é conhecida por ser uma terra de oportunidades. É comum pessoas de várias regiões do país buscar o município para plantar sonhos e planos, pois entendem que a cidade proporciona condições ideais para quem busca empreender e melhorar a qualidade de vida. E essa é a história de Leandro Oliveira. Nascido no Rio de Janeiro, Leandro conheceu Mato Grosso por meio do futebol. Atleta profissional, ele defendeu equipes de Cáceres e Araguaia antes de vir morar em Lucas do Rio Verde em 2009, onde conheceu e se casou com Jacseli Fontana. Da união que completou 13 anos nasceu a pequena Anthonela Fontana Oliveira.


Depois de defender e ser campeão pelo Luverdense, Leandro recebeu uma proposta para atuar em Bangcoc, Tailândia. Mas o casal não esqueceu Lucas do Rio Verde e plantou uma semente. “A gente foi com um pouco de apreensão, com um pé atrás. Mas graças a Deus foi a melhor escolha que pudemos fazer”, disse Leandro. A semente plantada pelo casal foi a aquisição de um terreno na Avenida São Paulo esquina com a Rua Umuarama, bairro Alvorada. O espaço agora vai sediar uma choperia e uma franquia da Escola do Flamengo.


A choperia é o Quiosque do Lugui, uma franquia que vem agradando o gosto popular. Segundo o empresário Leandro Oliveira, a proposta é oferecer novidades aos luverdenses. O chope oferecido é o puro malte, tendo uma receita própria. “Em todo momento é chope duplo: comprou um, ganha outro”, revela, acrescentando que o Quiosque do Lugui terá aperitivos deliciosos, como um frango pra lá de especial. “Esses são diferenciais da nossa franquia. Estudamos bastante, avaliamos bem, e estamos muito felizes com este empreendimento e com uma expectativa bastante grande”, acrescentou.



O empresário cita ainda que a ideia é receber as famílias no Quiosque do Lugui. “Estamos providenciando um espaço para as crianças, para que as famílias sejam bem recebidas e possam aproveitar o que nós temos de melhor a oferecer”.



Em relação a Escola de Futebol, Leandro disse que o público alvo são crianças de 4 anos a jovens de 17 anos. Serão atendidos meninas e meninos nesta faixa etária, afinal o futebol feminino tem se fortalecido ao longo dos anos e o Flamengo também tem investido neste segmento, dando oportunidade o surgimento de novas atletas.


O empresário explica que o sistema de treinamento no Flamengo, no Rio de Janeiro, será o mesmo adotado aqui em Lucas do Rio Verde. Quem participar das atividades terá seguro providenciado pela franquia, medida que dá mais confiança aos pais dos alunos.


Leandro adianta que os alunos que não torçam pelo Flamengo poderão participar das atividades da escola sem nenhum problema. “Lá a gente quer ensinar, educar, sendo o lema de nossa escola”, pontuou. “A nossa intenção é descobrir novos talentos. O Vinicius Junior (atualmente jogando no Real Madrid) é fruto da escolinha, o Pepê que defendeu o Cuiabá recentemente, Lázaro, enfim, tantos outros que são frutos da escola do Flamengo. E agora nós temos o aval e know how pra orientar e encaminhar as crianças que se destacarem pra jogar no Flamengo”, acrescentou.


A estrutura da escola vai agradar os amantes do futebol. Além do campo, que terá grama sintética da mesma qualidade presente no Alianz Parque, Estádio do Palmeiras, os futuros alunos contarão com vestiários e outros benefícios. “Teremos uma boa equipe de profissionais para atender nossos futuros alunos”, comentou o empresário.



Leia a última edição completa da Revista Portal


Comments


bottom of page