Igreja Batista Hosana celebra primeiro ano em Tapurah



É possível recomeçar. Esse é o lema da Igreja Batista Hosana, missão que nasceu em Tapurah em junho de 2021. A igreja, liderada pelo casal Alex e Lau Santana, vem crescendo com o município e abrindo igrejas em cidades vizinhas, espalhando as boas novas do Evangelho, conforme o mandamento de Jesus Cristo. E os pastores Alex e Lau têm muito a celebrar pelas experiências vividas neste primeiro ano da Batista Hosana.


A Batista Hosana nasceu de uma visão do pastor Alex. Ele diz que tem chamado nas áreas de libertação, cura e avivamento e busca desenvolver uma rotina de oração e jejum, momentos que alcança maior intimidade com Deus. Alex declarou que a Hosana nasceu debaixo de cobertura e unção profética. “Eu estava em minha casa orando, às 3 horas da manhã, e Deus disse que queria falar comigo. E eu fui falar com Deus, eu perdido no vácuo do mundo, pensando o que iria fazer da minha vida, havia saído de um grande ministério. E Deus falava comigo: ‘Hosana, Hosana, bendito aquele que vem em nome do Senhor’, e eu me arrepiava todo”, revelou, citando que havia recebido a missão de abrir o ministério em Tapurah. O pastor havia entendido que, assim como acontecera com Abrão, ele havia recebido uma ordem para seguir adiante. “O Ministério Batista Hosana nasceu deste ato profético”.


Na transição de um ministério a outro, muitas pessoas acabaram deixando a igreja. Porém, ao longo do primeiro ano a igreja Batista Hosana nasceu e começou a evoluir. Além da missão central, em Tapurah, foram abertas outras duas missões, em Nova Maringá e Sinop. Para os próximos anos, a ideia é expandir ainda mais o ministério. Porém, tudo passa pela preparação e capacitação de novos líderes.


Pastor Alex explica que Deus costuma usar símbolos para se comunicar com o seu povo. Por isso, em assuntos relacionados à espiritualidade, é comum a utilização de símbolos que remetem a situações que buscam o fortalecimento da fé. A ‘árvore’ presente no logo da Batista Hosana é um exemplo claro. “Essa árvore está em Isaias capítulo 11, versículo 2. Elas são os 7 Espíritos de Deus: Espírito do Senhor, de Sabedoria, de Entendimento, porque primeiro você entende para depois conhecer. O Espírito de Conselho, de Fortaleza, o do Conhecimento e o principal de todos, que todo pastor precisa ter, que é o Espírito de Temor, porque sem temor das coisas de Deus você não consegue fazer nada”, detalha, citando que ser necessário temer a Deus e que a bíblia é a base de tudo.



A pastora Lau lembra que em 2017, quando chegaram ao município, havia um clima de descontentamento, com comércios fechando e pessoas querendo se mudar. A igreja, então, decidiu se unir em oração pela prosperidade de Tapurah. “Começamos a declarar sobre a cidade, que Tapurah é do Senhor Jesus. E que tudo o que estava acontecendo com a cidade ia ser transformado em vida, em benção, pois é muito triste um comerciante que tem um sonho de abrir o comércio e em alguns anos já quer ir embora, amaldiçoando o lugar. Não havia prosperidade sobre a cidade. E hoje nós vemos muitas pessoas dizendo o contrário, que gostam de morar aqui”, comenta.


“Tapurah é uma terra deleitosa. Eu escolhi Tapurah pra morar e acredito que Deus não dá uma cidade pra um pastor, Ele dá um pastor pra uma cidade. Eu vim pra Tapurah há quase seis anos e sou apaixonado nessa terra e acredito em Tapurah”, explica Alex, acrescentando que a cidade será a sede da Igreja Batista Hosana.




Leia a última edição completa da Revista Portal