Falta de chuvas em Mato Grosso reduz estimativa de produtividade do milho


O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA) divulgou, ontem, novas estimativas para a safra do milho 2020/21 em Mato Grosso e reduziu a projeção de produtividade em 1,06% ante o relatório anterior, apontando uma média de 101,42 saca/hectare para Mato Grosso. A anterior era de 102,51 saca/hectare.

“A semeadura tardia do cereal e os menores volumes de chuva no estado vêm resultando em dificuldades no desenvolvimento do grão em algumas áreas”. “Além disso, as previsões de chuva para as próximas semanas no Estado não são animadoras”, consideram os analistas do IMEA.

“No que tange às regiões, apenas a Nordeste e Norte de Mato Grosso tiveram reportes de uma ligeira melhora no rendimento, entretanto, nas demais regiões as estimativas recuaram, o que reafirma o cenário de menor produção no estado. Por fim, a produção também recuou e ficou estimada em 34,60milhões de toneladas”, conclui.





Quer receber notícias como essa no seu celular? Click aqui e entre no grupo do WhatsApp .


Leia a última edição completa da Revista Portal