• Editor

Empresária mostra versatilidade e concilia vida pessoal e profissional




As mulheres têm avançado e conquistado um espaço importante na sociedade moderna. Na política, nos esportes ou no mundo dos negócios, elas passaram a ser protagonistas. E ainda há muito a conquistar. O segredo pra se tornar figura imprescindível em áreas até pouco tempo predominantemente masculinas? Muito equilíbrio, competência e aquele toque feminino para resolver situações conflituosas.


Uma dessas pessoas que têm se destacado em seu segmento é a empresária Leilce Jovino dos Anjos Boita. Casada com Luiz Fernando Boita e mãe do Manoel Antônio, de 5 anos, Leilce reside em Lucas do Rio Verde há cerca de 9 anos. Antes de auxiliar o esposo na Vidro Lucas, ela atuou com maestria em outras empresas do município. Por onde passou deixou uma marca positiva de competência e humildade.


Leilce conversou com a Revista Portal e falou sobre rotina diária onde é mãe, esposa e ajuda nas atividades empresariais, onde passa boa parte do seu dia. Apesar do ritmo puxado, ela considera importante o trabalho e tudo o que envolve o dia a dia. “É muito gratificante chegar ao final do dia e dizer: ‘Meu Deus, hoje eu fiz tanta coisa’, porque é cuidar do filho, levar para a escola, cuidar de casa, empresa, orientar colaborador, isso abrange várias coisas”, enumera. A empresária diz que busca forças em Deus, primeiramente, e na própria família.


Para Leilce, as mulheres ainda não têm noção do potencial que têm. Ela lembra que uma característica típica da mulher é conseguir desenvolver, de forma satisfatória, várias tarefas ao mesmo tempo. “Ela tem um jeitinho diferente de conseguir fazer duas ou três coisas diferentes ao mesmo tempo. Geralmente o homem prefere manter o foco em apenas uma coisa. E a gente tenta fazer o melhor possível”, destaca.


A empresária observa que a mulher tem ainda condições de conquistar mais coisas. “Mudou muita coisa, algo que um tempo atrás era coisa apenas de homem. Hoje a mulher pode atuar em qualquer lugar, exercendo qualquer função. Só depende da força de vontade de cada uma, de querer vencer”.


Ela espera que bons exemplos e trajetórias vitoriosas estimulem e impulsionem outras mulheres a vencerem seus medos e assumirem o protagonismo na sociedade. “Hoje a mulher tem um papel importante na sociedade e agora é conquistar. A gente tem tudo na mão, basta agir”, reforça Leilce.


Leia a última edição completa da Revista Portal