• Editor

Detran-MT alerta para golpe de venda de CNHs falsas



O golpe está sendo aplicado por quadrilhas especializadas que ofertam o serviço de confecção da suposta habilitação de forma facilitada


Detran-MT

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT) alerta aos cidadãos quanto ao golpe que vem sendo aplicado em todo Brasil, via aplicativo de mensagens e redes sociais, de suposta venda de Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Em Mato Grosso, o Detran-MT tomou conhecimento da prática ilegal por meio de diversas denúncias de autoescolas e na própria Ouvidoria do órgão.


O golpe está sendo aplicado por quadrilhas especializadas que ofertam o serviço de confecção da suposta CNH de forma facilitada, alcançando pessoas que procuram meios de burlar as fases obrigatórias para a obtenção do documento.


Nos vídeos enviados e publicados nas redes sociais, os golpistas mostram como ficaria o documento, impresso colorido em papel comum e com QR Code no verso. Porém, a CNH original é impressa em papel moeda e com diversas camadas de segurança para verificação, incluindo o QR Code para checagem da veracidade junto às autoridades competentes.


Esse QR Code só é lido por um aplicativo utilizado pelas autoridades de trânsito, direcionado à página do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). No caso do QR Code criado pelos golpistas e mostrado nos vídeos, a leitura é realizada pela câmera do celular e direcionada a um site fictício criado pela quadrilha que, supostamente, seria da CNH digital. Todavia, o Detran alerta que a CNH no formato digital só é válida no aplicativo nacional chamado Carteira Digital de Trânsito.


“O cidadão quando tenta burlar o sistema ele também está incorrendo em crime, e a quadrilha se beneficia disso, porque geralmente não há denúncia. Eles recebem parte do dinheiro e não entregam o documento. Ou seja, o cidadão procura pela facilidade e ainda fica no prejuízo de ficar sem a CNH e sem o dinheiro que pagou”, alertou o diretor de Habilitação do Detran-MT, Alessandro de Andrade.


Quando uma pessoa tenta obter a CNH por meios clandestinos ela está deixando de fazer diversas etapas obrigatórias para a obtenção do documento, como as aulas e prova teórica, aulas e prova prática, os exames médicos, psicológicos que são fases essenciais para a formação de um condutor.


“Nenhuma habilitação é emitida pelo Detran-MT sem o cumprimento de todas as etapas obrigatórias. O Detran preza pela segurança no trânsito e a preservação de vidas. Por isso temos um processo criterioso para a obtenção da CNH. Só é habilitado quem realmente está apto a conduzir nas vias públicas”, reforçou o diretor.




Clique e leia a última edição completa da Revista Portal



Sobre

A Revista Portal é uma publicação impressa periódica, que há 5 anos gera conteúdo e informação para as cidades de Lucas do Rio Verde, Sorriso e Nova Mutum.
Em nossas páginas contamos as histórias  de profissionais e empresários, novos emprendimentos, lançamentos de produtos, cobertura de eventos e o que acontece na sociedade matogrossense.

Contato

Ademilson Araújo - Diretor geral

+55 65 99991-9044

Luan Araújo - Arte

+55 65 99985-1772

SIGA EM NOSSAS REDES SOCIAIS

  • White Facebook Icon