top of page

Construção do ginásio da Apae de Lucas do Rio Verde é resultado de união de esforços

Inauguração foi realizada na noite desta quinta-feira (07)


(Foto: Ascom Prefeitura/Anderson Lippi)

Por Ascom Prefeitura/Olga Kunze


Uma ação conjunta entre o Poder Executivo, Legislativo, setor privado e sociedade resultou no tão sonhado Ginásio Esportivo Diniz Brunes Betella, da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Lucas do Rio Verde. O evento, realizado na noite desta quinta-feira (07), homenageou diversas personalidades e contou com a participação de autoridades locais, membros da Apae, empresários, sociedade e alunos.


Definida por um aluno como "um lugar feliz", a Apae, com 30 anos de fundação, até então não tinha um ginásio. O novo espaço é amplo, arejado e, além de proporcionar reabilitação e inclusão social aos assistidos, irá promover integração entre os alunos, familiares, Escola Especial Renascer e comunidade.


Homenagem da Apae (Foto: Ascom Prefeitura/Anderson Lippi)


"Eu posso dizer que é uma noite especial para a comunidade apaeana. É a realização de um sonho. Eu não digo o sonho da diretoria, mas, sim, dos nossos alunos que, ao longo da história da Apae cobraram sempre que queriam ter um ginásio para que pudessem praticar esporte, uma vez que sempre que era necessário eles tinham que procurar um ginásio de um outro clube. E, para realizar esse sonho, não foi somente uma diretoria, foram diversas empresas, dentre elas a BDR, que encampou a causa, assumiu de fazer a maior parte da execução da obra com os seus custos, e depois a sociedade. Uma comissão foi criada buscou recursos junto aos produtores rurais, empresários, pessoas físicas, comunidade como um todo e, por final, o recurso também do Poder Público, que veio para terminar essa obra. Então, é a realização de um sonho dos nossos assistidos que vai trazer aqui grandes melhorias para a qualidade de ensino deles e para que eles possam praticar esporte e arte", comemorou o presidente da Apae Marcos Tomazin.


União de esforços

Representando o Poder Executivo, o vice-prefeito Marcio Pandolfi, reforçou a parceria contínua da Prefeitura com a instituição. Somente em 2023 e 2024, os termos de fomento do executivo à Apae somam mais de R$ 2,2 milhões.


“A Prefeitura é sempre muito parceira da Apae, não somente nessa obra, mas como um todo. Há anos ela vem fazendo essa parceria bacana. Nós temos que ter muita responsabilidade ao cuidar das nossas crianças e dos nossos alunos. E os alunos da Apae requerem uma atenção ainda maior. A gente percebe isso no envolvimento da Prefeitura, da Câmara, da sociedade como um todo, seja na diretoria, como doações, nos eventos. Então, o que nós estamos vendo aqui hoje é fruto de um trabalho de quatro mãos. E cabe ao Poder Público construir essas pontes, estar sempre em contato com toda a sociedade, para que a gente possa sempre avançar. A Apae pode contar conosco sempre”, enfatizou Marcio.


Representantes do Poder Legislativo estiveram presentes e comemoraram a entrega do ginásio, que contou com o empenho dos vereadores para ser viabilizado, através do repasse de recursos economizados do duodécimo da Câmara.


“Como houve essa sobra na economia nossa, nós indicamos ao prefeito Miguel e ele, inteligentemente, aceitou a nossa indicação e fez esse repasse da economia de todos os vereadores, um total de R$ 300 mil. Isso não é o presidente, não é a mesa diretora, são todos os vereadores e a gente conseguiu fazer esse repasse”, ressaltou o presidente em exercício da Câmara Municipal, Daltro Figur.


“O sentimento hoje é de muita gratidão por poder ter participado deste processo na realização de um sonho de ter o próprio ginásio aqui, ao lado da escola, onde nós conseguimos também a viabilização desse terreno. Fica, também, o nosso agradecimento aos pequenos produtores que tinham essa cessão e que, realmente, tiveram essa generosidade”, ressaltou a vereadora licenciada Sandra Barzotto.


O empresário Rafael Balizardo, da empresa BDR, parceira da Apae em diversas ações, dentre elas a construção do ginásio, falou sobre a importância do apoio do setor privado.


"Um dia muito especial. A BDR já tem uma parceria de 2 anos com a Apae, num projeto que a gente faz com os alunos, onde eles trabalham para a empresa, mas ficam aqui na instituição prestando serviços. Um trabalho de inclusão social da empresa, o que é muito gratificante. Recebemos essa demanda do ginásio e desde o primeiro momento compramos a ideia e participamos desse sonho, realizando toda a execução da obra e doando toda a parte de cobertura e estrutura, além de buscarmos outros parceiros para a causa. Isso nos deixou muito satisfeitos! Lucas tem esse conceito, dos que estão aqui com suas empresas, ganhando seu dinheiro, de fazer esse retorno para o município, de coração. Essa parceria do setor privado com ações sociais é de de suma importância", enfatizou.

Kommentare


bottom of page