• Editor

Auxílio Emergencial: governo anuncia pagamento do benefício já na próxima semana

A previsão é de que sejam efetuados em quatro parcelas, com valores de R$ 150, R$ 250 ou R$ 375, a depender da situação de cada família



O governo federal anunciou nesta quarta-feira (31) a volta do auxílio emergencial. O pagamento do benefício está previsto para iniciar na terça-feira (6) da próxima semana. O anúncio foi feito após reunião entre o presidente da República, Jair Bolsonaro, o ministro da Cidadania, João Roma, e os presidentes da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, e da Dataprev, Gustavo Canuto.


Segundo Bolsonaro, apesar de o auxílio voltar a ser pago à população, o Brasil precisa acabar com a política de lockdown. Além disso, o chefe do Executivo afirma que o país avança nos projetos de aplicação de vacinas contra a Covid-19 e defendeu a retomada das atividades de forma segura.


“O governo sabe que não podemos continuar por muito tempo com esses auxílios, que gera custos para toda a população e pode desequilibrar a nossa economia. Nós queremos, realmente, voltar à normalidade o mais rápido possível. Mas, fazemos o possível para atender a população com vacina. Agora, repito, o Brasil tem que voltar a trabalhar”, pontuou.

Restrições

O auxílio concedido em 2021 conta com mais restrições do que o fornecido no ano passado. A previsão é de que sejam pagas quatro parcelas, com valores de R$ 150, R$ 250 ou R$ 375, a depender da situação de cada família. Haverá, ainda a limitação de um benefício por família.


A projeção é de que a medida abranja mais de 45 milhões de pessoas, ou seja, cerca de 22 milhões a menos do que no auxílio emergencial de R$ 600, pago em meados de 2020, quando 68,2 milhões foram beneficiados. Como explicou o ministro da Cidadania, João Roma, durante o anúncio da continuidade do auxílio.  


“Aqueles que estavam aptos, em dezembro, permanecem recebendo o auxílio, com exceção dos que foram identificados com itens que não permitem o ingresso na lista para receber o auxílio em 2021. Mas, sem dúvida nenhuma, mais de 40 milhões de famílias que passam por situações muito sofridas nesse momento, poderão ter acesso ao benefício do auxílio emergencial em 2021”, salienta.


Um dos critérios para receber o benefício é ter feito parte do auxílio anterior e, portanto, já estar inscrito nos cadastros públicos usados para a análise dos pedidos. Sendo assim, a pessoa que não faz parte dos cadastros não receberá uma das quantias previstas.


Ao avaliar os critérios, o governo deve aprovar se trabalhador atende as exigências para ter acesso ao benefício automaticamente, sem a necessidade de se manifestar. Para fazer o pagamento, o governo deve depositar o dinheiro nas contas digitais gratuitas abertas pela Caixa em nome dos beneficiários do auxílio em 2020.  




Quer receber notícias como essa no seu celular? Click aqui e entre no grupo do WhatsApp .


Leia a última edição completa da Revista Portal



Sobre

A Revista Portal é uma publicação impressa periódica, que há 5 anos gera conteúdo e informação para as cidades de Lucas do Rio Verde, Sorriso e Nova Mutum.
Em nossas páginas contamos as histórias  de profissionais e empresários, novos emprendimentos, lançamentos de produtos, cobertura de eventos e o que acontece na sociedade matogrossense.

Contato

Ademilson Araújo - Diretor geral

+55 65 99991-9044

Luan Araújo - Arte

+55 65 99985-1772

SIGA EM NOSSAS REDES SOCIAIS

  • White Facebook Icon