top of page
  • Foto do escritorEditor

Apresentação do Plano e roda de conversa marcam abertura da III Semana de Política Sobre Drogas

De 24 a 28 de junho, ações serão realizadas na cultura, saúde, esporte e educação de Lucas do Rio Verde


(Foto: Ascom Prefeitura/Andrew Aragão)

Por Ascom Prefeitura/Maíra Matos


A Secretaria de Assistência Social e Habitação, Conselho Municipal de Políticas Sobre Drogas, judiciário e demais forças de segurança abriram a III Semana de Políticas sobre Drogas, na manhã desta segunda-feira (24), no auditório dos Pioneiros. A semana contará com ações de conscientização sobre os impactos das drogas na sociedade até o dia 28 de junho.

Durante a abertura, uma roda de conversa iniciou os trabalhos, envolvendo autoridades dos poderes executivo e judiciário. 

“Falar sobre drogas eu digo que sempre é muito difícil porque a gente ainda tem pessoas que não encaram muito de frente esse tema. A prevenção para evitar o uso dessas drogas se faz investindo em projetos, dando voz e vez para a cultura, para o esporte, para que a gente possa conscientizar os nossos adolescentes, as nossas crianças, da importância de estar envolvida com coisas boas. Há parcerias entre as secretarias e todas já desenvolvem bastante ações e, aqui hoje, ouvindo, eu tenho certeza que a gente vai fortalecer essas ações”, reforçou a secretária de Assistência Social e Habitação, Janice Ribeiro.

O atual presidente do Conselho Municipal de Política Sobre Drogas, Marco Antônio Mendes, apresentou o Plano Municipal de Política Sobre Drogas -  um documento estratégico elaborado por municípios para orientar ações e políticas relacionadas ao uso de drogas. Ele é desenvolvido com o objetivo de coordenar esforços, estabelecer diretrizes e metas específicas para lidar com questões como prevenção ao uso indevido de drogas, tratamento de dependentes químicos, redução de danos, reinserção social de usuários em recuperação e combate ao tráfico.

“A importância desse encontro é que ele se materializa na culminação daquilo que a gente planejou durante todo o ano e até mesmo para cumprir um dispositivo legal, no sentido de intensificar todas as ações que a gente pretende desenvolver durante o ano. Então, nesse momento a gente difunde, mobiliza, conclama a sociedade para integrar esse movimento de conscientização dos malefícios que a droga causa. Por isso, nós estamos chamando a sociedade a refletir e chamar para si a responsabilidade na conscientização, na construção de uma geração mais ciente desses prejuízos que a droga traz para todos nós”, completou o presidente.

A programação completa da III Semana de Política Sobre Drogas está disponível nesta matéria, em anexo. 






Comments


bottom of page